Segundo informações de pessoas ligadas à empresa, apesar de não haver problemas com hardware o software ainda precisa de mais refinamento


O lançamento das GPUs Intel Arc para desktops, que estava previsto para o início de julho, pode ser adiado para o final de agosto. Segundo informações publicadas pelo site Igor’s Lab, que teria ouvido diversas fontes ligadas à empresa, a Intel ainda não tomou uma decisão definitiva sobre isso, mas tudo indica que esse será o caminho.

Oficialmente, a Intel ainda mantém a posição de que as GPUs chegarão ao mercado em Q2 2022, ou seja, entre abril e junho. Por essa razão, se for confirmado o adiamento para Q3 2022 – entre julho e setembro – a empresa deverá vir a público em breve por meio de um comunicado.

Por que atrasar o lançamento das GPUs Arc para desktop?

Embora a escassez de componentes tenha assolado a indústria nos últimos meses, a razão para o novo adiamento não teria relação com hardware, mas sim com software. A Intel não teria conseguido cumprir seus prazos internos relacionados à atualização de drivers para as GPUs.

O Igor’s Lab ressalta ainda que algumas das fontes ouvidas são testadores – o que pode ser um indício de que foram encontrados problemas de software que não poderão ser corrigidos de forma satisfatória até o prazo previsto. Para evitar frustrações, a empresa consideraria esperar um pouco mais, mas colocar no mercado componentes menos suscetíveis a problemas relacionados a drivers.

Ainda há muito que se fazer

Com relação a hardware, firmware e velocidades finais de clock tudo parece estar em dia. Porém, a fase final de software não se desenvolveu dentro dos prazos previstos. Por se tratar do primeiro produto da empresa nesse segmento, a companhia está cautelosa e não quer chegar ao mercado com problemas que tenham potencial em arranhar a imagem da companhia.

No próximo dia 24 de maio acontece mais uma edição da Computex, principal feira de eletrônicos da Ásia, evento no qual a Intel costuma ter participação significativa. É esperado que lá seja feito o anúncio oficial das novas GPUs para o mercado, mas a apresentação pode ser apenas “técnica”, sem indicação de data de lançamento.