WhatsApp terá nova versão que vai barrar o acesso a menores de 16 anos

0

Com a próxima atualização da plataforma de mensagens, o WhatsApp poderá passar a impedir que menores de 16 anos utilizem a aplicação.


A nova função, em desenvolvimento fará parte da versão 2.19.222 para Android, podendo também marcar presença na versão para iOS. Através da nova funcionalidade será possível barrar a sua utilização a menores de 16 anos.

A plataforma, detida pelo Facebook, tem cerca de 500 milhões de utilizadores diários. Entre estes, uma boa parte são menores que, nos meandros dos vários grupos, podem ser expostos a situações de cariz sexual, ou simplesmente ilícito. Algo que não passou despercebido à empresa e que pode vir a ter uma solução.

A versão 2.19.222 para Android e iOS

De acordo com a publicação WABetaInfo, a referida versão para Android está a testar um novo filtro. Opção que poderá restringir o acesso à aplicação por menores de 16 anos. Aliás, já desde 2012 que a política de privacidade do WhatsApp desaconselham a sua utilização por quem tiver menos de 16 anos.

No entanto, esta recomendação é amplamente ignorada, levando a que os jovens sejam expostos a todo o tipo de situações online. Mais ainda, de acordo com o elmundo, na europa esta idade recomendada já chegou a estar nos 13 anos. Contudo, voltaria a subir para os 16 anos com uma das recentes atualizações.

Em causa está agora uma possível implementação que visará proteger os utilizadores europeus com menos de 16 anos. A este grupo poderá ser aplicada uma restrição, impedimento, ou mesmo um bloqueio. No entanto, para já não sabemos exatamente como é que esta plataforma do Facebook tomará a decisão.

Impedir os utilizadores com menos de 16 anos de utilizar o WhatsApp

A forma como tal será aplicado é, neste momento, a maior incógnita. Na prática, isto poderá deixar aos progenitores configurar o terminal Android ou iOS dos seus filhos. Alternativamente, a plataforma do Facebook poderá tentar implementar filtros automáticos, sem carecer de ação externa.

A app de mensagens, cuja última atualização significativa teve lugar em 2018, deverá aplicar esta medida na Europa. Não obstante, um filtro similar poderá chegar a mais regiões do globo mas, para já, temos que aguardar pela conclusão da versão 2.19.222.

 

 

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here