Embora o aplicativo não possua uma lixeira, mensagens, fotos, vídeos e outros arquivos podem ser recuperados mesmo sendo apagados do WhatsApp.


O WhatsApp, plataforma de mensagens mais usada no Brasil, tem inovado bastante nas funcionalidades do aplicativo. Alguns usuários do mensageiro apagam sem querer mensagens ou mídia importante. É nesse momento que se questiona da possibilidade de uma lixeira no aplicativo.

Embora o aplicativo não possua uma lixeira, mensagens, fotos, vídeos e outros arquivos podem ser recuperados mesmo sendo apagados do WhatsApp. Isso porque, quando a mídia é baixada pela plataforma, o celular cria uma cópia em sua memória interna.

Sendo assim, fotos e vídeos vindos do aplicativo podem ser encontrados tanto no celular quando no próprio WhatsApp. Os arquivos também ficam armazenados no backup – que deve ser habilitado – do próprio mensageiro. Todavia, quando são deletados antes da criação do histórico, serão perdidos definitivamente.

Logo, celulares Android e iOS são capazes de recuperar mensagens e outros arquivos do WhatsApp pelo backup ou pelo armazenamento interno do próprio aparelho. Contudo, vale ressaltar que aparelhos da Samsung oferecem um aplicativo “lixeira” específico para guardar mídias e outros documentos excluídos de outros aplicativos.

Deletei um arquivo do WhatsApp, o que fazer?

Caso tenha apagado algum arquivo no WhatsApp de maneira equivocada e seu backup estiver habilitado, é possível recuperar a mídia excluída. Lembrando, certifique-se que o histórico das mensagens esteja ativado.

Com isso, ao desinstalar e instalar novamente o mensageiro, uma opção de restauração aparecerá na tela. Ela permitirá que todos os arquivos, incluindo conversas, fotos, vídeos e documentos, sejam recuperados.

Para fins de esclarecimento, o backup é uma funcionalidade que tem como objetivo duplicar tudo que é compartilhado em um aplicativo. Assim, as infamações extras podem ser encontradas tanto no dispositivo quanto na nuvem do sistema operacional.

No WhatsApp em específico, o usuário consegue definir a periodicidade em que as mensagens e demais arquivos devem ser salvos na nuvem (backup), podendo ser mensalmente, semanalmente e até mesmo diariamente.

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here