Brasília se prepara para receber evento de tecnologia militar

0

Em sua 10° edição, a Conferência de Sistemas e Tecnologia Militar (CSTM) é um dos mais importantes eventos do segmento de Defesa e Segurança do Brasil.


Com uma programação variada para atender ao crescente público de participantes e convidados, a CSTM abrange de forma ampla a tecnologia de Defesa e Segurança aplicada aos setores militar e civil, incluindo as tecnologias de uso dual.

O evento oferece a oportunidade de conhecer e receber atualizações sobre os grandes projetos estratégicos das Forças Armadas e dos órgãos de segurança pública do Brasil, e de participar em fóruns de discussão em que estão presentes especialistas de renome nacional e internacional, workshops e reúne provedores de soluções do Brasil e do exterior que expõe seus mais recentes produtos, soluções e tecnologias.

O evento ocorrerá do dia 23 a 26 de novembro no Estádio Nacional de Brasília e estará aberto ao público. O credenciamento online para visitar a exposição pode ser realizado gratuitamente, através do site www.cstmexpo.com/inscricoes.

A CSTM reúne não apenas fabricantes, mas também autoridades governamentais, diplomáticas e militares, políticos, delegações oficiais, militares das Forças Armadas, integrantes da Segurança Pública, investidores, usuários operacionais, gerentes de compras, pesquisadores, estudiosos e jornalistas especializados.

Além de servir como uma vitrine da tecnologia para um público qualificado, onde equipamentos e sistemas são expostos em tamanho real, a programação da CSTM oferece demonstrações ao vivo e uma ampla agenda de palestras que possibilitam uma reflexão aprofundada sobre as questões de Defesa e Segurança no Brasil, com uma variedade de temas não só técnicos, mas também econômicos, geopolíticos e jurídicos.

Um dos temas de destaque será abordado no painel sobre potencialidades da Base Industrial da Defesa Brasileira (BID), voltado para o corpo diplomático, com vistas ao estímulo às exportações.

Serão também discutidos, dentre outros, temas como:
– Amazônia;
– blockchain;
– cyber segurança;
– viaturas blindadas;
– computação quântica;
– 5G;
– inteligência artificial;
– simulação e treinamento;
– comando e controle;
– satélites;
– Lei Geral de Proteção de Dados;
– sistemas anti-drone.