Emissora terá 24 horas de programação e vai contar com transmissões ao vivo, conteúdo jornalístico, educativo, cultural e científico.


A Câmara Legislativa lança, nesta segunda-feira (25), a TV Câmara Distrital, em transmissão ao vivo pelo canal 9.3. A nova emissora aberta do Distrito Federal terá 24 horas de programação, que vai contar com as transmissões ao vivo do trabalho legislativo, conteúdo jornalístico, educativo, sociocultural e científico, além de campanhas institucionais e de utilidade pública. A solenidade de lançamento será às 14h, no auditório, após a visitação de deputados e autoridades às instalações da TV.

A emissora entra no ar a partir de um acordo de cooperação com a Câmara dos Deputados que disponibilizará o canal aberto em sua multiprogramação. Para o momento de início das transmissões estão previstas as presenças do governador Ibaneis Rocha; da ministra Flávia Arruda; dos deputados federais responsáveis pela TV Câmara, Acácio Favacho e Alex Santana, e do coordenador-geral de Promoção do Ensino de Ciências, Roberto Machado de Freitas, representando o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes.

O lançamento chega para marcar os 30 anos do Legislativo do DF, consolidar a transparência das atividades da Casa e aproximar a população de Brasília do Poder Legislativo, oferecendo uma programação com informações políticas, culturais e esportivas.

A moderna estrutura de TV conta com profissionais qualificados, tanto na parte técnica como na criação de conteúdo, que tem a missão de registrar e reportar os temas importantes debatidos na Câmara.

Além de dar transparência às ações legislativas, a TV Câmara Distrital contribuirá com registros em arquivos da história e da cultura local. Por meio do canal, os cidadãos poderão acompanhar os debates que ocorrem no plenário, nas comissões e nas audiências públicas, além de ficar por dentro do que acontece no DF.

Programação

A TV exibirá conteúdo próprio e de parceiros por meio de acordos de cooperação técnica com outros órgãos públicos. Entre eles, a UnBTV, da Universidade de Brasília, e a Rede Legislativa, formada por emissoras de assembleias estaduais e municipais, o Sebrae-DF e o Governo do Distrito Federal.

Entre os primeiros programas que serão exibidos, destacam-se o “Por elas”, dedicado à atuação feminina nos mais diversos setores sociais; o “Nosso Quadradinho”, que tem como missão apresentar as belezas, as boas iniciativas e os talentos desenvolvidos no Distrito Federal; e o “Giro CLDF”, com notícias das sessões plenárias, reuniões de comissões e audiências públicas promovidas pela CLDF.

O conteúdo da TV Câmara Distrital poderá ser acompanhado pelo canal da Casa no YouTube e pelas redes sociais, possibilitando a interação direta da população com a emissora.

Estrutura própria

A CLDF preferiu investir em estrutura técnica própria, visando a economia e a continuidade dos serviços. Dessa forma, as transmissões que hoje ocorrem pela internet serão realizadas por equipamentos próprios, que deixarão de ser alugados, resultando também em mais autonomia e menos burocracia no funcionamento da emissora. Fazem parte da equipe profissionais terceirizados e servidores efetivos da Casa.

Fonte: Metrópoles

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here