Amazon pede permissão da FCC para lançar satélites de internet

0
View on the night Earth with city lights. Australia and Oceania region. Elements of this image furnished by NASA. 3d illustration

A Amazon está avançando rapidamente em seu plano de implantar milhares de satélites de internet.


A empresa solicitou permissão da FCC para lançar 3.236 satélites como parte do Projeto Kuiper. A espaçonave seria agrupada em 98 planos orbitais e voaria em altitudes entre 366 e 391 milhas. O documento reiterava os planos da Amazon de conectar “dezenas de milhões” de pessoas ao redor do mundo, embora a empresa tenha alertado que não poderia cobrir tudo – pediu uma dispensa para atender a todos os EUA, já que seus satélites não cobrir partes do Alasca.

Eles usariam freqüências de banda Ka como aquelas que a Iridium está usando em seus últimos satélites, e a Amazon está solicitando autorização para usar tecnologia anti-interferência para evitar dores de cabeça. E sim, a Amazon está ciente dos possíveis problemas com detritos espaciais. Os satélites se deitcariam em menos de 10 anos se ainda estivessem em contato com a Terra.

A empresa não mencionou uma linha do tempo para colocar os satélites em órbita. No entanto, o arquivamento da FCC mostra que ele está pensando nesse plano há algum tempo. Se é ou não oportuno, é outra história. A SpaceX já está lançando seus primeiros satélites de banda larga e planeja cerca de três vezes mais. Embora levem anos para que constelações de satélites como essas sejam implementadas, há uma preocupação de que a Amazon já esteja em desvantagem.

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here