O YouTube implementou novas regras para proibir vídeos que ensinam pirataria.


 

A informação, divulgada pelo TorrentFreak nesta segunda-feira (25), partiu de um documento enviado pela empresa ao parlamento do Reino Unido. Com essa iniciativa, serão impedidas quaisquer publicações que contenham “instruções de como evitar o pagamento de serviços ou conteúdo digital”.

Em outras palavras, para serem aceitos na plataforma, os vídeos não podem explicar como “usar apps, sites ou outras tecnologias da informação para conseguir acesso gratuito não autorizado”. Isso inclui qualquer conteúdo que “normalmente exija pagamento” como, por exemplo, músicas, filmes, jogos, softwares ou serviços de streaming.

YouTube adota outras medidas contra pirataria

TorrentFreak ainda divulgou outras ações do YouTube contra a prática. Um exemplo é a disputa de nome registrada na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO, na sigla em inglês) contra um serviço que converte e realiza o download de vídeos da plataforma.

Além das medidas acima, o site também incluiu uma nova regra contra a divulgação de instruções sobre roubos e trapaças. Conforme a política atualizada, não serão aceitos vídeos que ensinem “aos espectadores como roubar bens tangíveis ou promove comportamento desonesto”.

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here