Em tempo recorde: startup de NFT vira milionária em apenas 2 dias

0

Empresa faturou mais de R$ 2 milhões com a venda de tokens colecionáveis.


Nem sempre uma startup precisa de um longo período de tempo para bombar no mercado, mesmo que trabalhe com tecnologias não convencionais. Prova disso é a Lumx Studios, que desenvolve experiências no metaverso e já faturou mais de R$ 2 milhões em menos de dois dias. Mas qual o segredo da empresa? Basicamente, ter apostado no mercado de tokens não fungíveis, as chamadas NFTs.

Em tempo recorde: startup de NFT vira milionária em apenas 2 dias

Primeiramente, vale explicar sobre as NFTs. Na prática, elas funcionam como coleções virtuais, com um certificado digital atrelado a qualquer item, desde jogos a obras de arte. Com isso, quem compra tem a garantia de exclusividade e originalidade da peça, tudo com a ajuda de blockchain. Hoje, os tokens podem ser o primeiro passo para a entrada no chamado metaverso.

Nesse cenário, a Lumx lançou recentemente sua própria coleção de NFTs, chamada de 55Unity. Trata-se do maior projeto de colecionáveis brasileiro até o momento. Ao todo, foram criados 3.000 tokens, esgotados em 48 horas. Isso representou um total de R$ 2 milhões em receita. O produto? Um avatar personalizado, que pode ser usado como foto perfil em redes sociais como o Twitter, por exemplo.

Mas, além disso, o token também serve de “passe” para um jogo online que recria experiências híbridas, onde o jogador pode tomar decisões em tempo real. O crescimento acelerado da Lumx exibe uma euforia crescente em torno dos NFTs. Artistas como Justin Bieber, Madonna e Neymar já dedicaram quantias milionárias para comprar seu próprio token.

Por fim, a empresa já afirmou que pretende ir além das coleções próprias e ajudar marcas empolgadas com a ideia de entrar para o metaverso. Um dos primeiros clientes da Lumx é a marca de roupas Reserva, que irá lançar nas próximas semanas a sua primeira coleção de NFTs.