A partir desta terça-feira (8), os criadores de conteúdo que querem vender seus próprios produtos ou investir em construir sua marca de maneira relevante no aplicativo Instagram poderão vincular o seu perfil pessoal com sua loja. Antes, só era permitido que um perfil comercial utilizasse esse recurso no Instagram.


As novidades foram apresentadas por Mark Zuckerberg na Creators Week, que é uma semana de programas virtuais de desenvolvimento profissional para criadores – aspirantes e emergentes – no Instagram e no Facebook, realizada nos Estados Unidos.

“Eu acho que qualquer visão positiva do futuro tem que envolver muito mais pessoas sendo capazes de ganhar dinheiro expressando sua criatividade e fazendo coisas que querem fazer, ao invés de coisas que precisam – e ter as ferramentas e a economia em torno deles para apoiar seu trabalho é crítico”, pontuou fundador da marca.

Agora, o criador de conteúdo pode escolher vincular sua loja que já existe ou criar uma nova a partir do perfil pessoal, assim, será possível conversar e vender seus produtos diretamente para os seus seguidores.

Será possível também vincular as próprias contas a um dos quatro parceiros da marca: Fanjoy, Represent, Spring e UMG. Portanto, será possível configurar o modelo de negócio e despertar cada vez mais o interesse das pessoas com lançamentos exclusivos no Instagram. Para quem mora nos EUA, esse recurso estará disponível até o fim do ano.

Além disso, é uma nova forma de monetizar através do recurso Badges no ao vivo do plataforma. Os influenciadores poderão receber um pagamento extra ao completarem algumas “missões” quando usarem o recurso, por exemplo, fazer uma transmissão ao vivo com outra conta.

Já no Facebook, o pagamento extra acontece para criadores que usem o recurso de estrelas, com “missões” como transmitir ao vivo por um determinado número de horas ou ganhar uma quantidade de estrelas de fãs dentro num dado período de tempo.

As atualizações são parte dos esforços para apoiar criadores de conteúdo enquanto começam e consolidam suas carreiras nos aplicativos. Nosso objetivo é ser a melhor plataforma para criadores de conteúdo como vocês ganharem dinheiro”, disse Mark Zuckerberg.

Ele complementou que “se você tem uma ideia que deseja compartilhar com o mundo, você deve ser capaz de criá-la e divulgá-la com facilidade e simplicidade – no Facebook e no Instagram – e então ganhar dinheiro com seu trabalho”.

O objetivo da empresa é transformar o Instagram e o Facebook no principal espaço para os criadores de conteúdo compartilharem suas histórias, crescerem e também ganharem dinheiro. O desejo é apoiar esses profissionais a conquistarem suas metas.

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here