Novo recurso deixa escolher uma senha para confirmar a restauração das conversas


O WhatsApp está testando adicionar uma camada extra de segurança aos backups de conversas e mídias trocadas no aplicativo. As informações são do site especializado WABetaInfo, conhecido por divulgar novidades do mensageiro em primeira mão, e foram reveladas nesta sexta-feira (16). O novo recurso vai permitir proteger o backup do WhatsApp com uma senha e criptografia de ponta-a-ponta, garantindo maior segurança para o armazenamento de conversas e mídias na nuvem.

De acordo com o site especializado, será necessário definir uma senha para criptografar o backup do mensageiro. Assim, quando o usuário decidir recuperar arquivos salvos no backup, ele deverá informar o código secreto para confirmar sua identidade. A senha é pessoal e deve ter pelo menos oito caracteres. O código não é compartilhado com o WhatsApp, Facebook, Google Drive ou iCloud.

As capturas de tela divulgadas pelo WABetaInfo mostram que a senha pessoal também poderá ser recuperada, caso o usuário se esqueça do código secreto. Nesse caso, o WhatsApp vai gerar uma chave de 64 dígitos, que valerá como a senha e deverá ser informada sempre que o usuário restaurar um backup.

Caso o usuário perca a chave de 64 dígitos, ele não conseguirá restaurar os backups salvos na nuvem e o WhatsApp também não poderá gerar outras chaves ou recuperar o código antigo. Por isso, o ideal é definir uma senha e anotá-la em um lugar seguro para caso seja necessário consultar mais tarde.

Na prática, a função adiciona novas camadas de proteção ao backup salvo na nuvem, seja no armazenamento do Google Drive ou no iCloud. Atualmente, o histórico de mensagens e as mídias compartilhadas no WhatsApp, quando salvas em backup, ficam protegidas pelos servidores dessas plataformas. Nesse sentido, o novo recurso reforçaria essa proteção porque impede qualquer tentativa de acesso sem autorização.

Vale dizer que o novo recurso foi flagrado na versão beta do WhatsApp para Android, e não há previso de quando será disponibilizada na versão padrão do mensageiro.

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here