A fabricante chinesa vem crescendo bastante nos últimos anos, principalmente no mercado de smartphones.


 

Que basicamente é liderado pela Samsung, Xiaomi e Apple, três marcas que de modo geral possuem um grande percentual no índice de vendas de celulares, embora também haja concorrências com outras empresas.

Nos últimos anos a marca vem aumentando significativamente sua participação no mercado e conquistando novas posições cada vez mais próximas da liderança, atualmente ocupando a segunda posição no mercado global, superando a Apple após crescer 84% e perdendo apenas para a Samsung.

Recentemente a empresa se destacou na Índia e conseguiu superar a sul-coreana nessa região, consolidando sua liderança no mercado indiano durante o terceiro trimestre deste ano e se mantendo no topo do ranking com maior participação na venda de celulares no país.

Números recentes também indicam que a Xiaomi vem crescendo na Rússia, país que até então tinha como principal empresa de smartphones a Samsung, que agora detém apenas 29,8% do mercado contra os 31,2% da chinesa, diferença que embora pareça pequena reflete os esforços da empresa em expandir seu público-alvo.

Se considerarmos a POCO — fabricante subsidiária da Xiaomi — a marca terá 35% do mercado russo, se distanciando ainda mais de sua concorrente. De modo geral, a marca ocupa duas posições no ranking, estando presente na primeira e quinta posição, respectivamente.

Principais marcas da Rússia:

  1. Xiaomi —31,2%
  2. Samsung — 29,8%
  3. Apple — 14,5%
  4. realme — 4,6%
  5. POCO — 3,8%
  6. Outros — 16,1%

Deixe uma resposta

Deixe seu comentário!
Please enter your name here